IDHM: melhores bairros para morar em BH

Se está pensando em se mudar para oferecer mais qualidade de vida para a sua família, certamente você já parou para refletir: quais são os melhores bairros para morar em BH? Fique tranquilo, é normal ter essa dúvida.

Belo Horizonte é uma cidade muito grande, com diferenças significativas de estrutura, segurança e renda. Por isso, encontrar o lugar ideal para morar com a sua família envolve muita reflexão e estudo.

No texto de hoje, falaremos um pouco sobre o IDHM e como ele pode ser um excelente parceiro na busca pelo bairro perfeito. Além disso, vamos citar alguns dos melhores bairros da cidade para que você os conheça melhor e tome a decisão correta. Confira!

O que é IDHM?

O Índice de Desenvolvimento Humano Municipal é uma medida regional do PNUD (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento no Brasil) que leva em conta três indicadores: longevidade (expectativa de vida-longa e saúde), educação (estudo e acesso ao conhecimento) e renda (padrão de vida).

O índice varia de 0 a 1, no qual 1 representa desenvolvimento pleno. São considerados não só os municípios, mas também as unidades federativas, regiões metropolitanas ou as chamadas UDHs (Unidades de Desenvolvimento Humano) — áreas com situação socioeconômica homogênea.

No Brasil, vários municípios e UDHs apresentam um índice bem próximo de 1. Belo Horizonte, que tinha um IDHM considerado médio, atingiu em 2010 uma pontuação suficiente para ser classificado como status alto, aproximando-se dos 0,8.

Algumas regiões e UDHs chegaram próximas da nota máxima, se assemelhando aos números a cidades de países desenvolvidos.

Melhores bairros para morar em BH

Esse índice pode ser um bom termômetro para escolher um bairro para viver. Como o IDHM se baseia em renda, educação e longevidade, já é possível entender o perfil local a partir desses três itens.

Basta analisar as UDHs que estão melhor posicionadas, cruzar esses dados com algumas preferências pessoais e outros fatores relevantes (acessos, trânsito, infraestrutura) para ter uma excelente lista de lugares para morar.

Veremos abaixo alguns bairros bem avaliados nesse ranking para que você conheça e avalie qual(is) combina(m) com você e sua família:

Santo Agostinho e Lourdes

No topo da lista, colocamos uma UDH com notas altas nos três fatores avaliados. De fato, eles conquistaram a maior nota da região metropolitana, 0,955 — e não é para menos.

A começar pela localização, podemos afirmar que os dois bairros estão em uma área super privilegiada da Zona Sul, central, estratégica e com muitos acessos. É possível, mesmo assim, encontrar ruas poucos movimentadas e espaços verdes e silenciosos, mesmo que próximos aos centros comerciais.

Destacamos o shopping Diamond Mall, conhecido por agrupar um mix de lojas sofisticadas e luxuosas, além de uma praça de alimentação completa e excelentes salas de cinema. A região também é conhecida por sediar um dos melhores polos gastronômicos da cidade, agrupando restaurantes com cozinhas variadas e reconhecidas.

Nessa UDH também encontramos hospitais de alta qualidade, ótimas escolas (como o Colégio Santo Agostinho e o Bernoulli), praças com espaços para crianças e adultos, além de importantes empresas privadas e públicas — como a Assembleia Administrativa.

Cidade Jardim, São Bento e Santa Lúcia

Essa é outra UDH com índice próximo de 1, que agrupa três bairros muito procurados e bastante variados. A Cidade Jardim, como o nome sugere, é um espaço super arborizado e horizontal. Para preservar a área, existe uma região onde só podem ser construídas casas, privilegiando a vista e a natureza nas ruas.

O São Bento e o Santa Lúcia (que também têm suas regiões de casas, mas ainda assim agrupam muitos empreendimentos grandes de apartamentos), são bairros muito semelhantes, tornando-se por vezes difícil distinguir onde um termina e o outro começa.

Eles apresentam a mesma vantagem da UDH que citamos acima, por estarem bem posicionados, com acessos estratégicos e, ainda assim, preservarem ruas e quarteirões tranquilos e silenciosos.

Podemos destacar como vantagens a infraestrutura completa, com muitos supermercados, ótimas escolas e faculdades (como Pitágoras, Loyola e Fundação Getúlio Vargas), praças, hospitais e centros comerciais; a proximidade com o maior shopping da cidade, o BH Shopping, e com um dos melhores shoppings de casa, o Ponteio Lar Shopping.

É importante destacar, ainda, que a região está se tornando um interessante polo gastronômico — puxada pelo São Bento —, com muitas opções de restaurantes e bares de diferentes estilos.

Carmo, Sion e Mangabeiras

As UDHs Carmo/Sion e Mangabeiras (duas unidades com índice próximo a 1) também têm posição privilegiada na cidade, com acessos facilitados para a região central e saídas rápidas para o Belvedere (também um excelente bairro com poder aquisitivo alto) e BR040 (rodovia que leva aos condomínios).

O Mangabeiras também é uma região de casas, famosa pela vista, pelo clima agradável e pelas incríveis mansões que encontramos desde a Praça JK até a Praça do Papa.

Falando em praças, é imprescindível mencionar que o número de espaços públicos de lazer (como a pista de cooper da Avenida Bandeirantes) que existem nessas UDHs contemplam pontos turísticos históricos como a Praça do Papa, a Rua do Amendoim (via curiosa onde os carros “andam sozinhos”) e a Praça da Bandeira.

A proximidade com o incrível Minas Tênis Clube II também é um ponto importante para quem gosta de praticar esportes ou de tomar sol e um banho de piscina nas horas de lazer.

Também vale dizer que existe uma excelente infraestrutura nas duas UDHs, com ótimas escolas e faculdades (Colégio Santa Dorotéia, Faculdade Fumec), supermercados, padarias, farmácias, hospitais e uma cena gastronômica bem estabelecida na Rua Pium-í, com opções para todos os gostos e idades.

Funcionários e Savassi

Por fim, dois bairros históricos e muito importantes para a cidade. O Funcionários foi o bairro criado para abrigar as pessoas que trabalhavam para o governo, quando ele ainda ficava no Palácio da Liberdade. A Savassi é a região mais central desse bairro, que ganhou esse nome graças a uma famosa padaria homônima.

Hoje em dia, a região é um polo de gastronomia e comércio e abriga muitas empresas públicas, privadas e startups. É conhecida pela sua variedade, pelo street mall Pátio Savassi (um shopping que permite cães, com um excelente mix de lojas e entretenimento), por abrigar o melhor complexo esportivo da cidade (Minas Tênis Clube I) e também pela amplitude cultural.

O complexo da Praça da Liberdade abriga relíquias da arquitetura, museus como CCBB e Casa Fiat de Cultura e ainda fica pertinho do polo gastronômico de Lourdes. Claro que a região também conta com infraestrutura completa de supermercados, escolas, faculdades, hospitais, restaurantes e espaços verdes.

Se este é o seu estilo e você quer estar no meio de toda essa cultura e versatilidade, entre em contato para conhecer nosso próximo lançamento, o incrível Edifício Georges Pompidou.

Como você pode ver, existem muitas opções de bairros que oferecem segurança, lazer, gastronomia, cultura e saúde para você e sua família. Basta analisar nossas dicas para encontrar um lugar que ofereça qualidade de vida, menos tempo de deslocamento e, consequentemente, mais tempo para aproveitar seu tempo livre.

O que você achou deste texto? Você se sente mais preparado para encontrar o empreendimento ideal nos melhores bairros para morar em BH? Então, assine nossa newsletter para ficar sempre por dentro de conteúdos como este!